Posted on: 19 de dezembro de 2020 Posted by: Teia dos Povos Comments: 1

Os últimos dois dias foram de lutas e conquistas importantes para a Comunidade Nova Canaã no município de Santo Antônio de Jesus. Após a ocupação da prefeitura por quase dois dias, na noite desta sexta-feira(18.12.20) a comunidade finalmente conseguiu ser ouvida pelo prefeito eleito Genival Deolino. Na reunião, a comunidade apresentou de forma incisiva sua reivindicação pelo direito de permanecer na área, que está sob risco de despejo forçado. Uma nova reunião foi agendada para o dia 14 de janeiro de 2021, visando a busca de uma solução definitiva para a regularização fundiária da comunidade.

Também como resultado das lutas, a Nova Canaã conseguiu, com o apoio da Defensoria Pública do Estado da Bahia(DPE), suspender a liminar de despejo até o dia 31 de janeiro de 2021. Dentre os fundamentos do agravo julgado pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, constavam a situação de pandemia e o questionamento ao laudo mentiroso apresentado pela COELBA.

Reunião da Comunidade com o prefeito eleito de Santo Antônio de Jesus.

Saiba mais sobre o caso:

A Comunidade Nova Canaã é formada por cerca de 100 Famílias de trabalhadoras/es, que vivem na área há cerca de três anos. Trata-se de uma comunidade já consolidada, com dezenas de casas já construídas em alvenaria. Existem também pequenos comércios, hortas e outras plantações. Uma área que estava abandonada há mais de 20 anos, que servia apenas para juntar lixo e doença, agora é um lugar que gera alimento, vida e dignidade, cumprindo a função social e econômica do solo urbano.
A COELBA se diz dona do imóvel, e mesmo sendo uma concessionária de serviço público, nega qualquer responsabilidade social e tenta expulsar as famílias do local a qualquer custo.
O despejo das famílias seria uma verdadeira tragédia!!
A LUTA CONTINUA!

1 people reacted on this

Deixe uma resposta para APÓS ATO EMERGENCIAL JUSTIÇA SUSPENDE LIMINAR QUE DESPEJARIA MORADORES DA COMUNIDADE NOVA CANAÃ, EM SANTO ANTÔNIO DE JESUS (BA) – Teia dos Povos Cancelar resposta